FANDOM


Por que usar as expressões movimento uniforme e movimento uniformemente variado?

É algo a ser questionado na forma tradicional de se ensinar física. Nos temos apenas dois tipos de movimentos, o movimento retilíneo e o movimento curvilíneo. Hoje gasta-se muito tempo no ensino médio tentando explicar o que é MRU e MRUV. Os livros de segundo grau tratam o assunto de uma forma separada, sempre fazem um abordagem em MRU e depois passam pra MRUV, isso deixa desconexo a mente dos alunos que pensam que são assuntos independetes um do outro quando esses sao o mesmo assunto.

Uma das incógnitas sobre o ensino de física hoje é, o que ensinar e quando. Várias são as discurssões sobre a usualidade de cinemática no ensino médio. Onde um aluno de primeiro ano usaria os conhecimentos de cinemática em seu dia-a-dia? Qualquer pessoa tem em seu senso comum, noções de velocidade, espaço e tempo. Muitas vezes é empenhado todo o primeiro semestre do ano letivo para se aprender cinemática, sendo mais específico, função horária, gráficos e fómulas, o que acaba sendo pouco atrativo ao aluno que por sua vez acaba odiando estudar aquele conteúdo, pois nao sabe ao certo o por que de aprender algo que nem sempre será percebido ele.

Com base nesse contexto é proposto que deva se ensinar apenas dois tipos de movimentos aos alunos, o retilíneo e o curvelíneo. Aplicar MRU e MRUV de forma isolada (como são apresentados em varios livros didáticos) acaba confundindo os alunos que pensam que são conteúdos distintos, não conseguindo correlacionar os movimentos. Nao tem a capacidade cognitiva de que MRU é uma particularidade de MRUV, ou seja, MRU seria um movimento retilíneo com aceleração zero e consequentemente velocidade constante. Logo evita-se aquela enxurrada de "fórmulas a se decorar".Como os livros didáticos ensinando a mesma coisa em tempos diferentes muitas vezes nao deixa o aluno perceber que oque difere o movimento é o fato dele ser acelerado ou nao (aceleração nula). Sendo assim, o educador poderá por definiçao aplicar apenas duas fórmulas: velocidade (V=Vo+aT) e posiçao (X=Xo+VoT+aT²/2). Para o movimento acelerado continuamos com as fómulas de velocidade (V=Vo+aT) e de posiçao (X=Xo+VoT+aT²/2), já para o movimento nao acelerado, com velocidade constante temos nosso "a" nulo assim acarretando as fómulas V=Vo para velocidade e X=Xo+VT para posiçao, tendo em vista que a velocidae final é igual a velocidade inicial, caracterizando o movimento como retilineo nao acelerado.

Ensinar os movimentos separadamente toma muito tempo de um conteúdo que talvez nem seja tão expressivo quanto pareça ser, e assim diminuindo o tempo para o educador ensinar outros conteúdos que sejam intrinsicamente relacionados ao nosso cotidiano, como física moderna que pode ser mais atrativo aos alunos por tratar de assuntos quem tem uma relação estreita com o nosso desenvovimento tecnológico e social.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.