FANDOM


A história de Galileu adaptada

Nas proximidades do córrego Jataí, coberto pelo manto noturno de um veludo azul-negro, banhado pelo mar de infinitas luzinhas a piscar, nasce o menino das estrelas. Sua querida mãe o contemplava com amor, desejando a seu filho toda sorte de boas conquistas. Buscando algo que inspirasse o nome daquele bebê, olha para o galinheiro e envolvida pela exuberância da abóboda noturna estrelada escolhe seu nome.

- Você irá se chamar Galileu, Galileu Galilei.

- Esse menino tem cara de médico!!

Galileu se tornou uma criança como qualquer outra, em seus dias não faltavam travessuras, e era extremamente curioso. Conhecido entre seus amigos como Leleu, tinha como brincadeira predileta jogar aquela "peladinha" com a turma, no entanto, essa não era sua especialidade, aliás, ele não tinha a mínima vocação para futebol. Sempre o último a ser escolhido e, quando chegava sua vez sempre jogava no gol ( sempre se escolhe que não tem tanta habilidade com os pés para jogar como goleiro ). Mal sabia ele que, mais tarde, iria se descobrir como um grande pesquisador. Tudo que fazia sempre tinha um olhar crítico e analisava cada detalhe, não aceitava nenhuma resposta direta sempre queria saber o porque da coisas, esta é a visão quando se deseja ir mais fundo nas aparências, não se satisfaz com o óbvio .

Galileu, em todo tempo foi movido por um desejo intenso de verdade, e seus pensamentos divagavam em viagens intelectuais. Decidiu, então, ingressar-se no curso de Medicina na UFG em Goiânia, já que essa era a vontade de seu pai. Foi surpreendido pela essencialidade altruística da profissão, contudo, não se encontrou,e logo abandonou o curso sem colar o grau. Foi quando soube que em sua cidade havia uma Universidade com o curso de Matemática. Voltou a sua terra natal para saber melhor do que se tratava. Foi como olhar num espelho. Ao ver as maravilhas da natureza da criação, soube logo que este era seu caminho. O que mais o encantou foi naturalmente as estrelas que misteriosamente e terrivelmente belas enfeitavam e iluminavam a noite.

Desde então começou a se interessar por astronomia, e a ter contato com a obra de grandes pensadores anteriores a ele como, Alextóteles,Ptolojúlio e Saulauli Copérnico, Thiago Brahé e Henriquemedes.

Logo em seu curso de matemática, começou a se envolver com os colegas da física passando inclusive a partir dai a ter contato como Vaval, o "ferômeno" da Física e passou a discutir o mesmo assunto que eles discutiam, e de tão interessante que achou, começou a consultar alguns livros de física na biblioteca.

Cinco anos depois, Galileu percebeu que sua mãe precisava de algo em casa para medir a massa do pequi, pois trabalhava na Feira Municipal e não tinha dinheiro para comprar um instrumento assim. Leleu, vendo a situação difícil em que sua mãe se encontrava, inventou a balança hidrostática para a medição do peso específico dos corpos.Sua mãe ficou muito feliz pela descoberta, afinal agora ela tinha uma geringonça, que ficou conhecida como balança, que apesar de ser diferente chamava a atençao de todos que passavam por ali aumentando assim e muito sua freguesia. Galileu refugiou-se em seu cantinho, sentou embaixo do pé de Jatobá e escreveu um trabalho sobre sua criação, que só foi publicado após a sua morte.

Essa balança, baseava-se no princípio de Henriquimedes, famoso matemático que viveu 18 séculos antes de Galileu. Um objeto imerso num líquido, por exemplo água, pesa menos que no ar. Galileu tinha ouvido falar de Henriquimedes ainda na escola, mas como não tinha entendido bem a aula de Física não sabia como o princípio de Henriquimedes funcionava, e teve que pesquisar por conta própria. A diferença de pesos é igual ao peso do volume de água deslocado, ou seja, ocupado pelo objeto. A balança podia identificar os metais de que eram feitos. Também definia as suas proporções em ligas, em misturas de metais. Isto era importante porque os ourives podiam tentar enganar os clientes, misturando metais caros com baratos.

Alguns malandros de seu bairro encomendaram uma balança de precisão, porém como ele era uma pessoa boa, não fez, pois descobrira que a mesma seria utilizada para pesar os "baguio" ou alguma substancia ilicita.

Foi de grande utilidade em sua vida e na de quase todos que habitavam aquela pequena cidade, que tinha um comércio bem voltado para a agricultura.

Depois de ter concluido o curso de matemática torna-se professor de matemática na Universidade Federal de Goiás em Jataí onde permanece por 18 anos. Teve a oportunidade de conhecer um dos professores de Matemática que se tornou seu colega, o professor Iron Euler. Era sempre criticado por seus colegas professores por causa de seus hábitos fora do comum, mas as críticas eram bem vindas, pois elas alimentavam seu desejo de crescer.

Galileu sempre chamava a atenção em suas aulas, que eram lotadas, pois todos queriam aprender com o mestre das estrelas. Alguns alunos ate falavam que smoravam mais tempo para sair da faculdade por que queriam reprovar para estudar com o mestre novamante ("desculpas neh"). Sua linguagem e paixão pela ciência o diferenciavam.

Seu invento chamou muito a atenção do povo e autoridades jataienses, até saiu na TV Jataí com uma reportagem do Cristiano Castro. Afinal eles queriam saber quem havia criado aquela balança que chamava tanto a atenção. Assim passou a ter contato com autoridades que viram o grande conhecimento que ele possuia na área de matemática. Agora sim Leleu estava fazendo o que gostava e mais pra frente, como todos irão ver, irá revolucionar o mundo com suas descobertas.

Leleu também inventou uma bomba d'água para irrigar o solo para o pessoal da agronomia de Jataí (agronomia não possuia material intelectual para tal invento nesse momento histórico) pois o forte da cidade era o agronegócio. Inventou também o pulsilogium, um instrumento para diagnóstico médico destinado a medir a pulsação dos pacientes, já que a saúde em jataí era um caos, e doou para o centro médico de saúde para colocar na sua UTI, só que a UTI da cidade antes de ser inaugurada foi doada pelo prefeito e a invenção foi junto, deixando o povo jataiense sem equipamentos para UTI.

Com 33 anos, já com o problema financeiro superado, pois suas criações faziam muito sucesso, e havia ganhado dez mil na raspadinha, inventa uma régua de cálculo (sector), o compasso geométrico-militar, para quartel local, mas como alguns militares são arrogantes e limitados ( estas caracteristicas estão por todos os setores da siciedade ) intelectualmente, não acataram bem a sua invenção, tratava-se de um instrumento Matemático com várias escalas. Realiza vários estudos e experiências sobre o problema da queda dos corpos. Uma experiência sua que ficou bastante famosa foi uma em que ele subiu no topo do Edificio Maria Bárbara na Avenida Goiás, e jogou lá de cima um gato e um cachorro para mostrar que ambos caem ao mesmo tempo, se desconsiderarmos a resistência do ar. O gato caiu de pé, o pessoal da veterinária já esperava lá em baixo. Queria jogar a sua sogra também, porém os bombeiros e a polícia não deixaram. Todos ficaram surpresos com a demonstração, no entanto o resultado que ficou na avenida foi horroroso. Foi restos mortais para todo lado, quem fez a festa foram o mendigos.

O tempo passou e logo começou a aparecer os cabelos brancos, mas ele não se importava com isso, pelo o contrário, dizia que era seu charme e daí em diante resolveu não cortar mais seu cabelo e nem fazer sua barba, não é a toa que ele era colega do professor Iron.

Cada vez mais as janelas do conhecimento se abriam, dando a ele a grande chance de deixar sua marca na história do desenvolvimento da ciência.

Então acontece algo muito curioso. Havia naquela época um brinquedinho que muitas crianças gostavam de manusear. Era um pequeno pedaço de vidro comercializado, que tinha uma propriedade interessante, ao ser focado em um objeto ele aumentava a dimensão das coisas. Galileu com espírito de uma eterna criança começa a brincar com esse objeto e acidentalmente olha para o céu através daquele curioso instrumento. Instantaneamente Leleu tem uma de suas mais importantes idéias.

Com 42 anos, embora desfrutasse de um certo prestígio como professor da Universidade Federal de Goiás, ainda não havia publicado nenhum trabalho de peso. Leleu tinha uma vizinha muito bonita conhecida como Núbia, o furacão da cidade abelha, e queria inventar algo para poder observar ela bronzear de cima do pé de manga, do outro lado do muro. Neste momento, Galileu aperfeiçoa este brinquedo, o Telescópio. Leleu, muito danado, passa a realizar pesquisas e observar o céu. Assim, através do telescópio enxerga a imensidão do Universo, surpreendendo a todos que estavam enganados sobre vários coceitos celestes da época. Em algumas de suas observações noturnas no topo do morro do Mirante do Cristo, começou a enfrentar problemas, pois o quartel tomava conta daquele local naquele período, e não deixava ninguém subir lá a noite. Galileu escreve também, sobre o relevo da Lua e a formação da Via Láctea. Caramba! O Thiago Brahé achou isso o máximo, não desgrudava mais do telescópio e foi convidado a ser assistente do Leleu, mas o Johannes ValVal não ficou pra trás, ele sempre ficava sapeando, sempre por perto até que conseguiu uma beirinha nos trabalhos de Leleu, e sempre discutindo sobre as teorias das cordas com Galileu.

Começa a descobrir um novo horizonte, cheio de supresas, um mundo desconhecido era o nosso céu, pôde observar cada pedacinho dele e ficava muito maravilhado, viu os satélites de Júpter, os satélites americanos lançados pela NASA, os satélites japoneses, russos e etc. Que massa!!!!!! Que massaaaaaaaa!!!! Pensava Leleu enquanto olhava no seu telescópio. Bizarro, né?

Com o telescópio Leleu fez várias descobertas:

- Caramba!! A Via Láctea é formada por "incontável multidão de estrelas amontoadas".

- Moço!! A superfície da Lua não é lisa!!

- Caraca!! Júpiter tem quatro luas!

- Vixi !!! O número de "estrelas fixas" supera "mais de dez vezes as conhecidas".

- Que massa!! Vênus (o planeta, não o motel gente!) mostra fases igual as da Lua!! Brutíssimo aeh!

Pensou que havia descoberto uma nova galáxia bem pequena quando olhou para o norte, e que havia vida naquela galáxia, e que algumas estrelas se movimentavam, mas logo depois percebeu que se enganou, era Caiapônia, e as estrelas na verdade eram os faróis dos carros antigos.

Com o desenvolvimento de suas pesquisas e estudos, Galileu chega a conclusões que acabam contestando as concepções cosmológicas de Alextóteles e tradicionais da religião. Galileu Galilei tem a coragem de afirmar que a Terra não era o centro do Universo, idéia já defendida por colegas do passado, como Hellypérnico e Keplandro. É quando Galileu enfrenta os tradicionais da visão religiosa pois pensavam ser uma heresia a afirmação de que a Terra não era o centro do Universo. No entanto, o espírito desbravador e devoto de Galileu o manteve firme e convicto de sua afirmação e de sua fé. Talvez tenha sido essa fé extrema na Ciência de que ele estava certo e convicto do que falava que tenha feito com que Galileu enfrentasse os tradicionais da visão religiosa e se desse muito mal.

Leleu foi a partir daí descobrindo cada vez mais sobre o universo, então com 46 anos é nomeado contador do gabinete da Prefeitura Municipal de Jataí. Descobre coisas impressionantes, como por exemplo o rombo financeiro municipal. Descobre também as manchas solares, os anéis de Saturno, que confunde, porém, com uma estrela tríplice. Publica o Sidereus Nuncius (Mensageiro das Estrelas) pela editora UFG, campus Jataí, obra que obteve grande repercussão na América. Depois de ter viajado pela América divulgando o seu trabalho volta para Jataí. Ele estranhou muito pois a Universidade havia desenvolvido de tal maneira que estava irreconhecível. Tinha até piscina. Não parecia mais uma "fazendinha" e lembrava dos velhos tempos quando de vez em quando ele pegava uma carona de bicicleta com o dibuiador.

E foi observando o céu que leleu chega ao extremo de suas descobertas e seu sucesso, afinal na época ele era o único a observar o céu com tantos detalhes e descobrir o mais profundo do seu mistério. Isso levou Leleu como foi dito antigamente a certas conclusões como a de que a Terra não era o centro do Universo, e que o Centro de Jataí não era exatamente no centro de Goiás, era mais para a berada, e do alto do Cristo durante o dia descobriu com sua luneta que o pessoal do quartel não fazia nada.

Foi quando ele pôde observar cada estrela e nomear cada uma que tinha no céu (colocou o nome de uma delas de Ernestina, em homenagem a sua ex-namorada), encontrou o cruzeiro do sul e percebera que aquela constelação se parecia muito com a do escudo do Cruzeiro Futebol Clube, seu time do coração, e finalmente entendeu o porquê do nome do time, a estrela binária a qual a olho nu é vista somente uma entre muitas outras estrelas. O Universo de Galileu era sensacional e bem mais real do que muita gente pensava, inclusive a inquisição.

Aos 64 anos, já com seu corpo cansado, cheio de artrite, artrose, osteoporose, catarata, e toda aquelas doenças que idoso tem, e com os olhos embaçados de tanto olhar por aquelas lunetas, é notificado formalmente pelas autoridades da Inquisição, pois havia um certo padre de caráter duvidoso que o denunciara ao Santo Ofício. Depois de receber a advertência da Inquisição, que condena as teorias sobre o movimento da Terra e proíbe o ensino do sistema heliocêntrico de Saulauli Copérnico, a idéia é considerada uma heresia pela congregação do Índex. Apesar de ter suas afirmações condenadas pela inquisição, Leleu não desistiu de seus objetivos nem abandonou suas idéias diante da ameaça de condenação. Então Galileu foi Julgado pela inquisição, e ameaçado de ser queimado na rodinha de professores, inclusive pelo mestre Ismas que era um grande pensador que havia naquela época, sendo um dos maiores denfesores que a Terra era redonda e o centro do universo. Segundo sua teoria o Universo era um sistema complexo e só a terra poderia ser o centro. Foi condenado também pelo pensador Val Val Feromenal, que defendia que a teoria das cordas explicava tudo. Eles nem sabiam que aquelas descobertas eram um grande passo para o futuro.

Loucos para ver a lenha queimar, os dominicanos do Convento da Igreja São Judas encaminharam uma cópia da carta, com duas passagens deliberadamente adulteradas, à apreciação do Santo Ofício – a temível Inquisição, que, entre tantos outros, já havia enviado à fogueira o filósofo Giullerordano Bruno.

Em 24 de fevereiro de 1616, atendendo a determinações expressas do Papa, o tribunal do Santo Ofício colocou o tratado de Copérnico De revolutionibus orbium coelestium (Sobre a revolução dos corpos celestes) no Índex dos livros proibidos. E condenou o modelo heliocêntrico como "absurdo e herético" e a teoria do movimento de rotação da Terra como "errônea na fé".

É convocado para depor perante o severo e duro Cardeal que havia naquela época, o Cardeal Fábio Bebarinelli que lhe permitiu escrever sobre a teoria de Copérnico, desde que fosse tratada como uma hipótese Matemática.

Nesse mesmo tempo, inventa o microscópio, chamado por ele de abelhinha, afinal tinha sido descoberto na cidade do mel que é Jataí.

Em Fevereiro, publica o "Diálogo sobre os dois sistemas do Mundo" criticando de novo o sistema aristovelho e defendendo Saulauli Copérnico. Cinco meses depois, o livro é proibido pela igreja católica. Em Outubro, recebe ordem para se apresentar em Goiânia.

Inicia-se em 12 de Abril o processo contra Galileu, e ele não ganhou a causa, pois seu advogado era formado no Cesut. Apesar da convicção de suas observações e conclusões, em 22 de Junho, Leleu que não é nada bobo, nega suas afirmações e usa de esperteza para conservar-se vivo numa conversa bem "amigável" que teve com a GPTACA, comandada pelo capitão Alessandro, internacionalmente conhecido pela sua delicadeza e pelo seu aeroporto de mosquito. Como sempre o pessoal da TV Jataí tava lá puxando o saco dos PMs.

O capitão bate e fala:

- Pede pra sair!! Pede pra sair!!

- Não tem medo não seu fanfarão? Quer que eu pegue o Saco?

Galileu:

- Eu juro que a Terra é o centro do Universo, eu juro, eu juro!! Mas pelo amor de Deus pára de me bater!!!

"Ô loco" o bicho apanhou tanto, mas tanto, que chamaram o corpo de bombeiros, e quem aparece?! Ele mesmo, o sd. Entúlio para resgatar Leleu, ele nem imaginava quem ele iria resgatar, e quando vê Leleu naquela situação, ajoelha e reza, mais de que adianta as preces de um pobre bombeiro diante da Inquisição da Igreja chefiada pelo cruel Cardeal Fábio Bebarinelli.

Condenado a cárcere privado e também é obrigado a cumprir uma pena social, que era dar aula em uma escola pública, Nestório Ribeiro, pois o presídio municipal estava lotado, e cheio de ex-alunos da escola pública. Vai para Caiapônia e retoma seus estudos de mecânica. Onde ele começou observar a queda de corpos de massas iguais e diferentes. Subiu no Morro do Gigante (ponto turístico de Caiapônia) e começou a jogar os corpos para suas observações.

Após algumas tentativas frustadas Galileu consegue publicar seu famoso livro 'Discurso das Duas Novas Ciências' e 'Mecânica e Dinâmica em Caiapônia', redigidos na prisão pelo seu companheiro que não desiste nunca José Climbério, aliás, por sua força de vontade sempre esteve ao lado de seu amigo.

Galileu já está completamente cego, mas ainda assim, como dizia Landercasié, "nada se perde nada se cria, tudo se tansforma", Leleu se descobre com um grande pianista e cantor, lançando vários sucessos que inspiraram estrelas como Stevie Wonder e Ray Charlles.

Um trechinho de uma música de sucesso que ele compôs satirizando o que foi obrigado a concordar pelos dogmas da Igreja Católica e Universal.

" - Não é o sol,

eu sei, é a Terraaaaa!!!

Qué é o centro do seu mundo, mas não do meu!!"

Numa linda noite de 8 de janeiro, o céu noturno enfeitado por diamantes estrelados no veludo enegrecido da paisagem celeste, Galileu morre no topo do Morro do Gigante. Pois seu coração já não mais aguentava, aos 78 anos, se partiu para sempre. Antes de morrer ele repetiu sua tão famosa frase: "E portanto se move",

Uma coisa que com certeza poucas pessoas sabiam é que ele foi enterrado no povoado da Estância, ficou dividido em Jataí e Caiapônia. Pois todos queriam a honra de ter Leleu por perto mesmo que fosse o seu túmulo. Mais antes disso foi uma disputa enorme para que o corpo de Leleu ficasse em sua cidade. Foi então que decidiram colocar seu túmulo entre as duas cidades.

Morre um estrela mas como dizia ainda Landercassié, "nada se perde nada se cria", nasce alguém pra dar continuidade a essa história linda que é a Física, Isaac Newton e para provar que Caiapônia foi mesmo palco dessa história, surge uma frase muito conhecida dita por Newton:

" - Se consegui enxergar tão longe, foi por que subi no Morro do Gigante!"

Leleu deixa seu legado e suas pegadas que podem ser vistas e estudadas por nós até hoje que agora diferentemente da Inquisição temos a certeza de que ele estava no caminho da verdade. Gigantes como Newton, Copérnico, Valval, nosso querido e genial Galileu Galilei, estarão sempre entre nós, seja como uma estrela, um Planeta ou como o próprio Universo.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.